A força do Empreendedorismo Feminino * Como ser assistente virtual

A força do Empreendedorismo Feminino

Mulheres Empreendedoras: Assistente Virtual

Hoje celebramos o Dia Internacional do Empreendedorismo Feminino! Segundo dados do Global Entrepreneurship Monitor 2017, pesquisa realizada no mundo todo e que no Brasil conta com o apoio do Sebrae,  mais de metade dos novos negócios abertos em 2016 foi fundada por mulheres.

Essa pesquisa também mostra que a maioria das mulheres entra no empreendedorismo por  necessidade: os números mostram que 48% delas iniciam a atividade empresarial pois precisam complementar a renda ou porque buscam recolocação no mercado de trabalho. Outro dado interessante é que de 3 de cada 4 mulheres decide empreender depois de se tornarem mães.

 

 

Em 2016,  51,5 % das empresas no Brasil foram abertos por mulheres mulheres”

 

 

Esse foi o caso da Camile Just, criadora do curso online Como ser Assistente Virtual, que deixou o mercado formal de trabalho em 2015 para estar mais perto da sua filha que na época estava com 10 anos. “Senti uma necessidade muito grande de estar mais perto e disponível para acompanhar a Alice na entrada da adolescência”. Foi quando ela decidiu começar a prestar serviços como Assistente Virtual.

Pelo seu curso já passaram mais de 800 pessoas, 95% são mulheres, que viram na prestação de serviços como assistente virtual a possibilidade de gerar sua própria renda. Entre elas a Fernanda Coelho, do Rio de Janeiro: 

Trabalhei 21 anos como Secretária Executiva pela CLT, sempre amei minha profissão, conquistei muito crescimento profissional e pessoal. Trabalhei em grandes empresas e fui muito feliz. Chegou um momento que senti a necessidade de caminhar por conta própria, tenho um filho com 8 anos, que sempre ficou em creches e colégios integrais, todos os dias meu coração se partia, por não poder acompanhar o seu dia a dia. Além da maternidade sempre senti lá no fundo, a necessidade de evoluir e empreender, só não sabia o caminho, até conhecer o curso da Camile e ver que meu sonho poderia sim ser concretizado.

Estou há quase três meses com a Acerto Virtual montada e a todo vapor. Isso tem sido tão grandioso e prazeroso na minha vida, que mudou todo o meu comportamento. Sempre fui uma pessoa extremamente ansiosa e as vezes perdia o controle, por isso no fundo tinha medo de empreender, mas com todos os métodos e ensinamentos do curso, pude aprender a mudar velhos hábitos e isso vem me tornando uma excelente empreendedora, pois é, me sinto excelente, sei que ainda tenho muito a aprender com os clientes e a pratica, mas é como se tivessem aberto uma caixa e enfim consegui sair e respirar tranquilamente. Agora me tornei uma pessoa muito mais tranquila, feliz e realizada.

Fernanda Coelho

 

 

Outro exemplo é a Carla Ribeiro que decidiu empreender porque quando ia fazer  entrevistas de emprego sentia um grande incômodo dos entrevistadores quando dizia que tinha uma filha pequena. Ela percebeu que provavelmente demoraria MUITO, conseguir um emprego bacana que compreendesse seus deveres com a  filha e minha família. “O empreendedorismo, está me ajudando a ser mais focada, a ser mais objetiva. Pela primeira vez, eu acredito em mim.”, conta Carla, que está concluindo o curso Como ser Assistente Virtual.

 

Também aluna da Camile, Sara Oliveira, de Guarulhos, fundadora da Future Virtual, conta que além de poder conciliar trabalho e maternidade, empreender trouxe a possibilidade de trabalhar com o que mais gosta. Entre seus clientes estão seus ex-patrões, para quem ela presta serviços remotos de recrutamento e seleção.

 

Mesmo sendo a maioria no empreendedorismo, as mulheres ainda precisam superar algumas barreiras como a capacitação e o aumento da sua rede de contatos. São muitas as comunidades dedicadas ao empreendedorismo feminino, como a Rede Mulher Empreendedora e a B2Mammy, aceleradora de negócios maternos.

 

O curso Como ser Assistente Virtual também é uma iniciativa reconhecida nacionalmente pela comunidade de apoio e fomento de parcerias entre as alunas.  “O curso ajuda a realizar sonhos e mudar vidas. A Camile faz a diferença com o jeito único de ensinar e nos apoiar. Me sinto apoiada, direcionada e capaz! Isso tudo graças a essa iluminada mentora!”, finaliza Fernanda Coelho, empreendedora à frente da Acerto Virtual.