"O curso me tirou muitas dúvidas e me trouxe muito mais do que eu buscava!" * Como ser assistente virtual

“O curso me tirou muitas dúvidas e me trouxe muito mais do que eu buscava!”

Cíntia Nobre

Tivemos por aqui, diversos tipos de depoimentos sobre o curso Como Ser Assistente Virtual. E este aqui, da Cíntia Nobre, está bastante completo e dispensa apresentações!

Vejam o depoimento que Cíntia preparou para a comemoração dos 2 anos de curso!

 

Depoimento Cíntia Nobre

O dia em que resolvi mudar…

Lá no início da minha carreira profissional, no ano de 2005, iniciei minhas atividades como office-girl. Na época, um serviço em alta, mas na grande maioria desenvolvido por profissionais homens. A partir dali, entrei para o ramo de escritórios e não sai mais.

Um pouco mais à frente, iniciei como recepcionista em uma empresa de pequeno porte e, alguns meses depois, passei a ser secretária da diretoria comercial. Mais à frente, comecei a desenvolver trabalhos de assistente comercial e administrativa e depois de uma troca nesta mesma sociedade, assumi a gerência administrativa e financeira da empresa.

Até que por volta de 2014, minha diretora me presenteou com um percentual da sociedade, como troca dos serviços prestados a ela por quase 8 anos. Ali continuei administrando e organizando a empresa que, mesmo na época de crise, se manteve estável e sem empréstimos, ou qualquer recurso de terceiros.

Sempre fui muito feliz neste trabalho, muito embora a responsabilidade fosse grande, chegamos a ter 55 funcionários em períodos de economia em alta.

O que eu nunca vi foi que o trabalho me consumia muito. Nesse período todo de empresa, cerca de 12 anos, passei por curso técnico, faculdade, a gestação da minha primeira filha em 2013 e no início do ano passado (2018), a segunda gestação, do meu filho.

Foi aí que tudo mudou…

Comecei a entender que precisava mudar. Embora eu fosse grata por todo conhecimento adquirido, as conquistas realizadas e o reconhecimento recebido, nesses anos todos, minha energia foi consumida. Tive dois partos prematuros, um ganho de quase 40 kg, uma cervical com desvio e um stress que não conseguia mensurar o grau que se encontrava.

Então, logo quando saí da UTI neonatal com meu segundo filho, resolvi pensar em fazer algo diferente. Comecei a colocar a ideia na cabeça, pois sempre fui muito receosa com mudanças. Vinte dias após o parto, eu já estava trabalhando, mas aquilo não saiu da minha cabeça. O destino sempre se encarrega de trazer aquilo que você deseja.

Outros acontecimentos praticamente me obrigaram a tomar uma atitude. Foi aí que pesquisei sobre como poderia aproveitar minha experiência em outra modalidade de trabalho.

Um belo dia, apareceu em minha tela, no Youtube, a Camile Just. Quando parei para ver o vídeo dela, além de me interessar muito pela proposta, ela passou uma confiança de que aquilo não era mais uma propaganda enganosa. Ela sabia os meus anseios, sabia o que me perturbava e parece que respondia às perguntas que eu fazia mentalmente.

Naquele momento tomei a decisão: ia pesquisar tudo sobre o serviço de assistente virtual e me especializar no assunto. Foi o que fiz, paralelo ao meu negócio, fazia as pesquisas, tirava as dúvidas e resolvi no início de novembro me matricular no curso COMO SER ASSISTENTE VIRTUAL. Embora dominasse totalmente minhas atividades não sabia como poderia praticá-las virtualmente.

O curso me tirou muitas dúvidas e me trouxe muito mais do que eu buscava!

Eu ainda estou fazendo o curso, pois toda semana tem novidades. Nas aulas ao vivo (que infelizmente ainda não tive como assistir por questões da minha agenda), ela te ensina a pensar fora da caixa. Dá dicas de como iniciar as prospecções e muito mais! Os SPOILERS, acabam por aqui (risos).

Como estou hoje?

Dois meses de trabalho, já com clientes fixos que conquistei sem indicação, apenas com as técnicas aprendidas no curso. E não vou parar por aí! Minha cabeça está cheia de ideias, motivada, estou acabando uma pós e tenho muitos planos pela frente.

E o stress?

Sendo tratada com terapia (sim, agora a agenda me possibilita isso) e minha família agradece.

E os quilos?

Bem, este vai indo lentamente, mas posso dizer que sim, todo mês perco um pouquinho.

E os filhos?

Lindos, felizes com a mamãe mais perto deles, embora eles ainda continuem na escola, pois é importante para eles e para mim!

E a alegria?

Está presente todo dia! Mesmo ainda não estando no patamar que eu estava acostumada, afirmo sem sombra de dúvidas que estou bem mais feliz! Trabalhando em meu home office, dependendo da minha produção e auxiliando os clientes de pequeno e médio porte. Como sempre quis e para a área na qual me especializei.

Gostaria de dizer a todos que leram este depoimento até aqui:

Não se prendam a valores monetários, não tenham medo de arriscar, pesquise muito e se for o que está buscando, invista sim no curso Como ser Assistente Virtual.

Seja Feliz trabalhando para você mesmo!!

Obrigada a todos! Cíntia Nobre