5 objeções comuns de clientes e como transformá-las em contratos fechados

Mercado de Trabalho

Conquistar novos clientes é uma das partes mais exigentes do trabalho de uma assistente virtual. É preciso estabelecer uma relação de confiança, demonstrar seu valor, e convencer o cliente em potencial de que você é a pessoa certa para o trabalho.

No entanto, muitas vezes os clientes apresentam objeções e questionamentos que podem dificultar o fechamento de um novo contrato. Quais as objeções mais comuns enfrentadas por assistentes virtuais durante o processo de venda e aquisição de novos clientes?

Antes de listá-las, que tal descobrir todos os detalhes da profissão que te liberta da CLT? Clique AQUI.

O que está por trás de cada uma dessas barreiras e qual a melhor resposta, utilizando argumentos sólidos, casos de sucesso para demonstrar seu valor como profissional?

Transformar objeções em oportunidades é uma habilidade essencial para alavancar sua carreira. 

Portanto, acompanhe cada seção e saiba detalhadamente o que dizer para neutralizar as preocupações dos clientes e fechar mais contratos!

 

Objeção 1 – Monitoramento e controle

Uma objeção comum levantada por clientes em potencial é a dificuldade em monitorar se o trabalho está sendo feito quando contrata um assistente virtual. 

Isso acontece porque o cliente está acostumado com relações de trabalho presenciais baseadas em posição, onde é possível supervisionar constantemente o funcionário.

Para superar essa objeção, o assistente virtual pode tranquilizar o cliente explicando as diversas formas de comprovar a realização do trabalho mesmo à distância:

Transparência é a palavra de ordem para provar que é possível entregar um bom trabalho mesmo à distância e construir uma relação de confiança.

 

Objeção 2 – Capacidade de atender vários clientes

É comum o cliente questionar se é possível atender bem a tantos clientes ao mesmo tempo. Até porque no imaginário dele, a sua atenção está em todos ao mesmo tempo, e causa uma sensação de insegurança. O cliente imagina o seu dia-a-dia assim:

Isso porque normalmente as pessoas estão acostumadas com funcionários que trabalham em regime de dedicação exclusiva.

No entanto, o trabalho de um assistente virtual é diferente. Ao contrário de um funcionário tradicional, a AV atua de uma maneira que seja possível fazer a gestão com múltiplos projetos simultaneamente, mantendo sempre o foco e a qualidade do trabalho.

Existem algumas técnicas e metodologias que permitem que uma AV consiga atender diferentes clientes com excelência:

Desta maneira é possível atender vários clientes mantendo a mesma qualidade, já que o tempo está bem administrado.

Descubra também quais os serviços mais bem pagos e mais procurados das Assistentes Virtuais, clique AQUI para ler

 

Objeção 3 – Explicar OU Ele mesmo Fazer

Muitos empreendedores e profissionais autônomos tendem a querer fazer todas as tarefas isoladas, mesmo aquelas que não estão diretamente relacionadas ao seu negócio principal. 

Isso porque explicar e delegar tarefas pode parecer que vai levar mais tempo do que simplesmente acontece, uma característica comum entre empreendedores e empresários é a rapidez que buscam na execução das tarefas.

No entanto, explicar detalhadamente uma tarefa para um assistente virtual no início do trabalho em conjunto é um investimento que gera ganhos expressivos de produtividade e foco posteriormente.

Ao invés de perder tempo diariamente fazendo tarefas repetitivas que poderiam ser terceirizadas, como responder e-mails, agendar reuniões e fazer pesquisas, o profissional passa a se dedicar exclusivamente ao que realmente importa: seu negócio principal.

Terceirizar atividades administrativas e operacionais também libera espaço mental, reduzindo a sensação de sobrecarga. 

O cérebro passa a ter mais foco e energia para criar, inovar e resolver problemas complexos.

Portanto, mesmo que no começo apareça mais trabalhoso explicar uma tarefa para o assistente virtual, a longo prazo isso resultará em ganhos substanciais de produtividade, foco e redução de estresse. O tempo gasto para delegar é um investimento que traz retornos exponenciais.

 

Objeção 4 – Medo de compartilhar acessos

Compartilhar dados sigilosos e informações pessoais como senhas com terceiros, pode ser uma grande preocupação para muitos clientes. 

Para evitar esse tipo de preocupação, é essencial explicar que existem maneiras seguras de realizar o trabalho sem expor dados sensíveis.

Uma sugestão é o uso de ferramentas e sistemas que permitem o controle de permissões de ações, principalmente se o caso for referente a senhas de redes sociais, ou dados bancários. 

É importante tranquilizar o cliente quanto à sua postura ética e comprometimento com a confidencialidade. 

Deixe claro que irá tratar todas as informações recebidas com o mais absoluto sigilo, agitado dentro dos limites estabelecidos pelo contratante.

 

Objeção 5 – Custo do serviço

Muitos empreendedores e profissionais autônomos ainda têm dúvidas em relação ao custo-benefício de contratar uma assistente virtual. 

Eles se perguntam se o investimento nos honorários da assistente traz um retorno suficiente em termos de ganhos de produtividade e focando no que realmente importa para o negócio.

É importante explicar que como assistente virtual você pode trazer um aumento significativo na produtividade do cliente, liberando seu tempo para tarefas estratégicas e de alto valor que trarão muito mais resultados do que as atividades operacionais e repetitivas que você assumirá.

Ao delegar tarefas administrativas, burocráticas e de organização para a assistente virtual, o cliente poderá se concentrar no que realmente faz a diferença no negócio, como prospectar novos clientes, fechar vendas, inovar produtos e serviços. Isso traz um retorno sobre o investimento (ROI) nos honorários muito maiores do que se ele fizesse tudo sozinho.

Portanto, é essencial mostrar os números e cálculos junto com o cliente o aumento de produtividade e faturamento que ele poderá obter, compensando amplamente o custo da contratação. 

Contratar uma assistente virtual é um investimento estratégico para alavancar os resultados do negócio.

Dificuldade em delegar é um empecilho para execução de projetos

Muitos empresários e empreendedores têm dificuldade em delegar tarefas, seja por perfeccionismo, por não confiarem em terceiros, por acharem que é mais rápido fazer as coisas por conta própria, e até mesmo por não saberem como delegar.

Porém, esse processo com as atividades rotineiras é essencial para liberar o tempo e focar nas tarefas mais estratégicas e lucrativas.

Algumas dicas para ajudar o cliente a vencer a dificuldade em delegar e garantir que você possa fazer seu papel dentro do negócio dele:

Delegar tarefas adequadas permite a concentração em atividades de alto valor que geram resultados, como vendas, marketing e inovação. 

Existem vários obstáculos que as assistentes virtuais precisam superar para conquistar novos clientes. A chave é estar preparada para essas objeções comuns e saber como lidar com elas de forma profissional e tranquilizadora.

Ao apresentar seu método de trabalho, casos de sucesso e garantir a confidencialidade dos dados do cliente, você conquistará a confiança necessária para fechar novos contratos. 

Lembre-se também de ressaltar os benefícios que seu serviço traz, como economia de tempo e melhor gestão das prioridades do contratante.

No fim das contas, o sucesso virá com experiência e uma abordagem centrada no cliente. 

Portanto, siga melhorando seu pitch de vendas e tenha paciência nesse processo de convencimento. Com o tempo, será natural superar essas barreiras e expandir sua carteira de clientes.

O que achou das estratégias para lidar com as principais objeções? 

Deixe nos comentários quais delas você já vivenciou ao tentar conquistar novos clientes e como você lidou com elas.

Publicações relacionadas

Mostre seu trabalho e conecte-se com seu público!

Mostre seu trabalho e conecte-se com seu público!

Produtividade e Organização
Bel Cunha: Como a Flexibilidade do Trabalho Remoto Mudou Sua Vida

Bel Cunha: Como a Flexibilidade do Trabalho Remoto Mudou Sua Vida

Profissão AV
O Caminho do Assistente Virtual como Microempreendedor Individual (MEI)

O Caminho do Assistente Virtual como Microempreendedor Individual (MEI)

Mercado de Trabalho