Como assistentes virtuais podem trabalhar com recursos humanos?

Publicado em: 2/08/2021

Você sabia que assistentes virtuais podem trabalhar com RH e departamento pessoal? Mesmo profissionais que já atuam na área, mas estão cansados da CLT ou do universo corporativo, podem usar suas habilidades e experiências para se tornarem assistentes virtuais, trabalharem em casa e terem uma rotina mais flexível.

O trabalho home office veio para ficar

Segundo um levantamento da Fortinet, 30% das empresas no Brasil vão abandonar o escritório de vez. E 90% afirmou que vai investir em formatos de teletrabalho. Segundo a consultoria Chess Human Resources, de 2020 para cá a contratação de profissionais autônomos dobrou e a tendência é só crescer.

Para as empresas, isso representa redução de custos com folha de pagamento de funcionários, possibilita a contratação de profissionais sob demanda especialistas e qualificados em suas áreas sem a necessidade da burocracia da CLT.

Já para os profissionais, é a liberdade de atender mais de um cliente ou empresa, aumentando sua renda e fazendo seus próprios horários. 

Ou seja, a hora de se tornar assistente virtual é agora.

“Tenho experiência na área de Recursos Humanos. Posso trabalhar como assistente virtual?”

A resposta é sim! Atualmente o RH tem se reinventado: se antes era a parte responsável apenas pela contratação de pessoas e gestão de documentos, hoje faz parte também do desenvolvimento dos colaboradores, atuando frente a treinamentos, programas internos, entre outros. E o RH remoto pode ser protagonista nas mudanças que estão ocorrendo de contratações em novos formatos, à distância. São muitas frentes para lidar, o que gera demanda por parcerias que possam agregar valor no trabalho e aumentar os resultados para a empresa.

Como a assistente virtual pode contribuir no RH?

Se você já tem experiência em RH e DP, conhece as atividades do mercado tradicional, pode realizar as atividades que são core, ou seja, as primárias:

Se você já atuou ou em departamento pessoal pode se tornar responsável por toda a parte burocrática da contratação de funcionários, cálculo de rescisão, cálculo de férias, de benefícios, entre outros.

Mas aqui está o pulo-do-gato: o mercado digital e as transformações aceleradas pela pandemia abriu um novo leque de oportunidades para que assistentes virtuais possam trabalhar com RH.

São muitas possibilidades dentro do meio digital, porque assistentes virtuais se tornam facilitadoras da migração de muitas empresas para o digital, cuidando de toda a parte de contratação e gestão de colaboradores, sejam eles temporários ou não. É um mercado extenso e que não vai parar de crescer, pois, como contamos no início desse post, as empresas não querem voltar para o presencial.

E não são apenas grandes empresas que assistentes virtuais podem mirar: as pequenas e médias empresas também necessitam dos serviços de RH, estruturando processos internos, comunicação interna, integração, entre outros. Muitas vezes, essas empresas ainda não possuem um setor de RH, e acabam buscando consultorias ou realizando o trabalho por conta, e se deparando com todos os desafios e dificuldades dos processos. Essa é uma grande oportunidade!

Você se interessou e quer criar seu próprio trabalho como AV?

Conheça a Formação mais completa do mercado: Clique aqui e saiba mais!

Publicações relacionadas

Guia de tudo o que uma Assistente Virtual precisa saber sobre MEI

Guia de tudo o que uma Assistente Virtual precisa saber sobre MEI

Publicado em 15/09/2020

Como começar
Faz 1 ano que estou nesse mercado e já tive o prazer de atender mais de 10 clientes.

Faz 1 ano que estou nesse mercado e já tive o prazer de atender mais de 10 clientes.

Publicado em 14/06/2019

Trabalhar em Casa
Como fazer um contrato de assistente virtual?

Como fazer um contrato de assistente virtual?

Publicado em 17/02/2021

Como começarProdutividade e Organização