4 Passos para ser tornar um Assistente Virtual de sucesso

Publicado em: 29/11/2023

E se você pudesse romper as barreiras do trabalho convencional?

Trabalhar de acordo com a sua essência e nos seus horários? 

Ser dona da sua agenda e viver com mais liberdade?

Neste artigo, vamos explorar os quatro passos fundamentais para você se tornar um Assistente Virtual e abrir portas em direção a uma carreira que lhe proporcione mais qualidade de vida e realização profissional.

A revolução digital no mercado de trabalho, há anos em gestação, foi catapultada pela adoção generalizada do home office, impulsionada pelas medidas de isolamento social durante a pandemia de COVID-19. 

Esse cenário colocou luz sobre uma profissão que já vinha em ascensão no Brasil: a assistência virtual.

Assistentes virtuais são profissionais que oferecem serviços administrativos, financeiros e de secretariado a pessoas físicas ou jurídicas, de forma remota. 

Imagine a seguinte situação: você tem experiência em recursos humanos e a padaria perto da sua casa precisa de ajuda para fechar a folha de pagamento dos funcionários. Como assistente virtual, você pode realizar essa tarefa pela internet e, ao mesmo tempo, atender outras demandas para este mesmo ou outros clientes, tudo com flexibilidade de horários e trabalho remoto.

Ser um assistente virtual é mais do que simplesmente trabalhar de forma remota; é construir sua própria jornada profissional, reinventando-se a cada dia.

O Caminho para o Trabalho Online

Ingressar no trabalho online é uma opção aberta a todos, e algumas habilidades fundamentais, como organização, responsabilidade própria e autonomia, podem ser aprendidas ao longo do caminho. 

Se você busca ter mais controle sobre sua agenda, a flexibilidade de trabalhar de qualquer lugar e a liberdade de definir seus horários, o trabalho online pode ser a escolha ideal para você. É uma oportunidade que oferece não apenas um novo jeito de trabalhar, mas também uma chance ilimitada de crescimento pessoal e profissional.

Para atuar como Assistente Virtual você só precisa de um serviço virtualmente executável e uma demanda para esse trabalho. As áreasde atuação incluem:

Os serviços que você pode oferecer como Assistente Virtual vão depender das habilidades que você já adquiriu ao longo da sua vida, seja na sua formação ou em outras experiências de emprego.

No entanto, dúvidas podem surgir. As mais comuns são sobre a criação do portfólio, o detalhamento de quais serviços oferecer, como se posicionar e como conquistar os primeiros clientes. 

Para orientar profissionais iniciantes ou não, Camile Just desenvolveu um método abrangente, composto por quatro passos:

Passo 1. Estimule o Autoconhecimento:

A primeira etapa é saber como empacotar o seu conhecimento, as suas habilidades e transformá-los em serviços.

Para isso pense “o que eu sei fazer que pode ajudar a resolver o problema de outras pessoas ou empresas?”. Aqui pode ser desde fazer as tarefas de suporte administrativo, até preencher planilhas, fazer pesquisas ou atuar como pós-venda. 

Lembre-se: nenhum serviço é simples demais! Aquilo que é simples para você resolver, pode ser o gargalo do seu cliente.

Apesar de aparentemente simples, esse é o passo mais desafiador, afinal, não nos ensinam a  valorizar o que sabemos fazer a ponto de lucrarmos com essa habilidade. É por isso que você precisa apropriar-se disso o mais rápido possível!

Além de mapear os serviços que você pode oferecer, outros pontos precisam ser explorados — e, se for o caso, desenvolvidos —, como: capacidade produtiva, resiliência, empatia com o cliente, responsabilidade com prazos, entre outros.

Passo 2. Defina seu Nicho de Trabalho

Depois de uma análise dos serviços que se pode oferecer é hora de olhar para o mercado. 

Imaginemos uma pessoa que identificou entre as suas habilidades o serviço de  relacionamento com o cliente, passando a ofertar este serviço; esse nicho, por si só, é bastante amplo. Para poder executar os próximos passos — e fechar contratos com os clientes — é preciso definir um escopo, ter anotado quais funções executa e quais não.

Assim, é mais fácil focar nas vendas e se especializar em determinada atividade — aqui vale a máxima “mais vale uma coisa bem feita do que cinco mais ou menos”. A sua capacidade de fazer uma entrega de excelência é um dos fatores que lhe tornará uma Assistente Virtual de destaque.

Passo 3. Escolha seu Nicho de Clientes

Agora que você já sabe o que pode vender e quais são as atividades que estão dentro do seu escopo de trabalho, precisa entender quem é o seu potencial cliente, ou seja, quem tem um problema que você pode ajudar a resolver. 

O ideal é escolher pelo menos 3 nichos de clientes, por exemplo: dentistas, médicos, advogados.

A pergunta que deve ser feita é “quem precisa de ajuda com as tarefas que você pode realizar?”.

Esse passo é muito importante para que você possa desenhar uma comunicação assertiva na prospecção dos clientes, além de dar uma direção sobre a área em que você vai se especializar para aumentar o valor do seu trabalho.

Passo 4. Venda seu Serviço

Para muitos, depois de decidir o que ofertar, essa é a parte mais difícil. 

Por isso a definição dos passos anteriores é tão importante. Se você sabe o que vender e para quem, basta organizar uma estratégia para mostrar para o cliente que ele precisa do seu serviço e que, com uma Assistente Virtual, ele terá diversas vantagens.

Ter um discurso de vendas bem alinhado e estratégias de comunicação para chegar nos potenciais clientes é a base para o sucesso na venda dos seus serviços.

E agora, como dar o primeiro passo?

Para colocar todos esses passos em prática, é fundamental ter apoio. Muitas vezes, sequer enxergamos nossas habilidades e travamos já no primeiro passo. 

A jornada rumo ao trabalho online pode parecer desafiadora, mas é importante lembrar que todo progresso começa com a coragem de dar o primeiro passo. Busque recursos, orientação e, principalmente, acredite em suas capacidades. 

Portanto, não hesite em buscar conhecimento, conectar-se com comunidades online e explorar as inúmeras oportunidades que o universo digital oferece. 

Em nossos canais, oferecemos amplo conteúdo para quem deseja iniciar sua jornada no trabalho remoto. Para queles que buscam orientação mais personalizada, técnica e prática, a Formação em Assistente Virtual fornece toda a base necessária para ingressa na carreira e criar o próprio negócio na área.

Camile Just, uma das pioneiras nesse mercado no Brasil, pode guiá-lo para despontar nessa forma de trabalho flexível, rentável e libertadora.

Para saber mais, acompanhe os conteúdos em nossas redes sociais.


Esperamos que tenha gostado das informações e caso tenha alguma dúvida ou sugestão, envie um e-mail para contato@comoserassistentevirtual.com.br.

Publicações relacionadas