Social Media vs Assistente Virtual: Entenda as Diferenças 

Publicado em: 13/02/2024

O que uma Assistente Virtual faz?

Uma assistente virtual é uma profissional autônoma, empreendedor, que trabalha de forma remota prestando serviços e suporte  que podem ser administrativos, financeiros ou de secretariado para indivíduos, equipes e empresas. 

Ela é contratada para assumir uma ampla variedade de responsabilidades que permitam que seu contratante, seu cliente, foque em atividades mais estratégicas e específicas do seu negócio.

Descubra 50 serviços que você pode oferecer como assistente virtual.

 

As principais áreas de atuação de uma assistente virtual incluem:

– Administrativo: agenda, e-mails, contatos, organização de arquivos, gerenciamento de projetos, preparação de apresentações e documentos.

– Financeiro: emissão de notas fiscais, controle de fluxo de caixa, conciliação bancária, follow up de pagamentos. 

– Secretariado: atendimento telefônico, interface com clientes, agendamento de reuniões e viagens.

Diferente de uma secretária tradicional, a assistente virtual trabalha remotamente, muitas vezes com contratantes de diversos locais e segmentos. 

Ela precisa ser pró-ativa, autônoma e ter disciplina para cumprir prazos e entregar resultados mesmo à distância. 

Sua expansão de funções permite customizar seus serviços para as necessidades específicas de cada cliente, e isso traz uma oportunidade de atuar de diferentes formas em mais de um projeto.

 

Habilidades essenciais em Assistente Virtual

Uma Assistente Virtual precisa ter uma ampla gama de habilidades para executar bem seu trabalho. Aqui estão algumas das principais:

→ Organização e gerenciamento de processos: Uma Assistente Virtual lida com muitas tarefas e deadlines diferentes para vários clientes. Ela precisa ser super organizada, com ótimas habilidades de gerenciamento de tempo e projetos, para manter tudo nos trilhos. Ferramentas como Trello, Asana e Excel ajudam a organizar processos.

→ Conhecimento administrativo e financeiro: Lidar com planilhas, documentos, apresentações, e-mails e tarefas administrativas faz parte da rotina de uma Assistente Virtual. Conhecimentos de finanças, contabilidade e recursos humanos também são úteis.

→ Boa comunicação e trabalho em equipe: Interagir com clientes, fornecedores e outras partes interessadas é essencial no dia a dia. Precisa saber se comunicar com clareza e eficiência, por escrito e verbalmente. Trabalhar bem em equipe também é importante quando atua para vários clientes.

 

O que é Social Media?

Social Media são as plataformas e canais online usados para compartilhar conteúdo e se conectar com as pessoas. Os profissionais de Social Media gerenciam as contas de redes sociais de uma empresa ou marca, criando e compartilhando conteúdo para promover a presença online, aumentar o alcance, engajamento e tamanho do perfil com o objetivo final de impactar no número de vendas do negócio e no faturamento. 

Há alguns anos conversei com Rejane Toigo sobre a diferença entre ambas as profissões, e embora algumas coisas tenham melhorado – e muito -, ainda vale a pena assistir esse material para entender essas profissões por quem vive elas no dia-a-dia: Social Media x Assistente Virtual| CAMILE JUST E REJANE TOIGO

As principais responsabilidades de um profissional de Social Media incluem:

– Gerenciar as contas de redes sociais como Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn, YouTube etc. Isso envolve postar conteúdo regularmente, interagir com os seguidores por meio de comentários e mensagens, monitorar menções e responder dúvidas.

– Desenvolver linha editorial dos perfis do cliente.

– Criar planejamento de conteúdos estratégico. O Social Media é o profissional que entende o tom de voz, técnicas de copywriting e branding para criar e posicionar o conteúdo da marca.

– Criar conteúdo envolvente como textos, fotos, vídeos, stories, lives etc. O conteúdo precisa ser alinhado à estratégia de marketing digital da empresa. 

– Analisar métricas e resultados para entender o que funciona e o que precisa ser melhorado. Isso envolve verificar alcance, engajamento, leads e vendas geradas pelas redes sociais.

– Desenvolver estratégias para aumentar seguidores e engajamento nas redes sociais. O profissional precisa planejar ações promocionais, parcerias, sorteios, lives etc. 

– Interagir diariamente com os seguidores respondendo perguntas, ouvindo feedback, fazendo enquetes, incentivando o compartilhamento de conteúdo etc. O público precisa se sentir ouvido e valorizado.

– Manter-se atualizado sobre novas funcionalidades, tendências e boas práticas nas redes sociais. Essas plataformas estão em constante atualização.

– Representar a marca de forma positiva e consistente nas redes sociais. Todo o conteúdo e interações precisam reforçar a identidade e valores da empresa.

– Conhecimento sobre funil de vendas digital, gestão de tráfego, automação de marketing e estratégias de engajamento.

 

Habilidades essenciais em Social Media

As habilidades essenciais para se destacar como um profissional de Social Media incluem:

→ Facilidade com redes sociais e ferramentas de design: Um bom profissional de Social Media precisa ter intimidade com as principais redes sociais como Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn, etc. Além disso, é essencial ter habilidade no uso de ferramentas de design como Canva e Photoshop para criar conteúdo visual atraente.

→ Criatividade e estratégia de conteúdo: É preciso criatividade, agilidade e perspicácia para desenvolver conteúdo envolvente que conquiste a audiência. Isso envolve planejamento estratégico para entender quais formatos de conteúdo – como vídeos, fotos, infográficos, memes, etc – funcionam melhor para cada rede social e público-alvo, e também técnica.

→ Entendimento de SEO e analytics: O profissional precisa entender como otimizar o conteúdo para mecanismos de busca (SEO), além de saber usar ferramentas de analytics para medir o desempenho do conteúdo e identificar oportunidades de melhoria. Isso requer habilidade analítica.

Independente da carreira, vale ressaltar que soft skills complementam o hard skills técnicos na formação de uma excelente Assistente Virtual ou um Social Media, e que ter habilidades como foco, proatividade, flexibilidade, discrição e ética no trabalho são indispensáveis.

Leia também O limite do burnout: Como identificar quando o trabalho está consumindo sua saúde mental?

Comparação de habilidades

Embora as funções de Social Media e Assistente Virtual exigem habilidades semelhantes em alguns pontos, como boa comunicação, organização e trabalho em equipe, também há competências específicas para cada área.

Um profissional de Social Media precisa ter uma compreensão aprofundada das diferentes redes sociais, seus algoritmos e melhores práticas para engajamento. 

Ele deve ser capaz de criar conteúdo em diversos formatos, monitorar métricas e otimizar estratégias, ou seja, replicar o que performou no perfil, e parar ações que não tiveram bom resultado.

Já um Assistente Virtual deve ser altamente organizado e proativo. Ele precisa ter capacidade multitarefa, ser detalhista e saber priorizar demandas. Habilidades administrativas, financeiras e com ferramentas de produtividade costumam ser necessárias. 

Enquanto Social Media exige criatividade e estratégia de marketing, Assistente Virtual prioriza execução e resolução de problemas. 

O primeiro cria tendências e conecta, o segundo viabiliza processos e garante entregas. Ambos colaboram para o sucesso de uma empresa, trazendo expertise complementares.

As monitoras da Formação em Assistente Virtual esclareceram muitas dúvidas sobre a profissão, basta clicar AQUI e assistir.

E aí, com qual carreira você se identificou mais? Comenta esse artigo, queremos saber se a diferença entre as profissões ficou clara para você, afinal, te ajudar a escolher o melhor para o seu futuro profissional é uma meta do CSAV.

Publicações relacionadas